68 milhões de brasileiros com a panela vazia e a saúde em colapso: a pandemia ainda não acabou. Pressione agora os parlamentares do seu Estado!




A luta pelo Auxílio Emergencial de R$600 até o fim da pandemia continua!

Foram mais de 10 mil emails enviados para os deputados e senadores pressionando para que votassem contra a PEC Emergencial - com o teto de apenas 44 milhões de reais para o auxílio emergencial, valor 3 vezes menor que o investido no ano passado. Infelizmente, a PEC foi aprovada e a Medida Provisória com as novas regras do pagamento do auxílio emergencial foi publicada no dia 18/03.

A medida não só reduz o valor do auxílio para R$250 - podendo chegar em alguns casos até R$150 - como também impede que novas pessoas sejam cadastradas para solicitar o benefício, sem levar em conta os milhões de brasileiros que perderam seus empregos no início deste ano. Além de reduzir a um valor que nas condições atuais do país não garante nem a comida nas mesas das famílias brasileiras, o governo deixa de fora milhões de pessoas que não terão direito de receber qualquer apoio.

As novas regras para o recebimento do auxílio são inaceitáveis! Por isso, precisamos pressionar os deputados e senadores a derrubarem a medida provisória e garantirem os R$600 até o fim da pandemia! Mais de 68 milhões de brasileiros estão dependendo desse benefício para sobreviver nesse ano de 2021. Mande o seu recado agora para os parlamentares do seu estado!





Se você quiser saber de onde pode sair o dinheiro para pagar o auxílio emergencial, nos preocupamos em fazer uma nota técnica detalhada que você encontra clicando aqui
Seguimos nos organizando para garantir que milhões de famílias consigam enfrentar essa crise em 2021. Para receber as notícias em primeira mão de como agir nas próximas fases da campanha, chame a gente no Whatsapp oficial!













(fonte)









Quem assina a campanha

Essa é uma iniciativa da campanha Renda Básica Que Queremos, composta por 270 organizações, movimentos e instituições da sociedade civil. Quer assinar? É só preencher esse formulário.